R Saldanha Marinho 1365 - Centro - Cachoeira do Sul/RS
Telefone: (51) 3724-4368 | (51) 3724-4378
WhatsApp: (51) 9-9908-6864
Comercial: comercial@portalanoticia.com.br
Redação: redacao@
portalanoticia.com.br
Administrativo: admministrativo@@
portalanoticia.com.br
/JORNALAN

© 2019 - Direitos reservados - Jornal A Notícia - Magaiver Dias

MTG suspende patrão do CTG Tropeiros da Lealdade

10/01/2020

 Foto: Divulgação

 

O Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG) suspendeu o Patrão do CTG Tropeiros da Lealdade Paulo Gilberto da Trindade Machado. O motivo da suspensão de Machado seria o fato que ele teria recebido três denúncias por sua conduta ética em 2019, a frente da entidade. O que chama a atenção é de que a suspensão ocorreu nas véspera da eleição para a patronagem do CTG que ocorre no próximo dia 15/01, na qual Machado concorre a reeleição. 

 

Machado foi acusado de expulsão de sócios, não recebimento de mensalidades (para impedir uma atual candidatura a patronagem), não fornecimento de documentos referentes ao CTG para sócios. "Os documentos que eles exigem são as fichas cadastrais de sócios, envolvendo dados pessoais dos mesmos, não podemos divulgar este tipo de informação pois é contra a lei. Já a expulsão ocorreu por motivo de desrespeito a patronagem, o que rege no estatuto da entidade. Quanto as mensalidades, qualquer empresa tem o fechamento de contas mensal e anual, não recebemos pois o livro caixa já estava fechado, quem desejasse se regularizar poderia pagar a partir da abertura do próximo calendário. O CTG não feriu em momento algum seu quadros de sócios, pois nenhum evento foi realizado pela entidade neste período", destacou Machado. 

 

Conforme o apurado pela reportagem do Jornal A Notícia, Machado está se sentindo perseguido por integrantes da entidade tradicionalista, já que a suspensão o deixa fora do pleito. Mesmo com a suspensão ele já deixou claro que irá concorrer. "Vou concorrer, não fui comunicado oficialmente", declarou. 

 

Saiba mais 

 

Machado ficou sabendo de seu afastamento através de uma publicação no Facebook, segundo ele na última terça-feira, 07/01, ele recebeu uma visita em seu estabelecimento por lideranças do MTG, e foi ofendido por dois homens, que os acompanhavam. Ele suspeita de que foi tentado a realização de uma gravação sem sua autorização, para que pudessem usar contra ele posteriormente. 

 

"Fiquei sabendo do afastamento através de boato no Facebook, não entendo como terceiros tiveram esta informação privilegiada, antes de mim, que diz respeito somente a minha pessoa. Sendo que formalmente não recebi nenhuma informação", destacou Machado. 

 

O que diz o MTG

 

A reportagem do Jornal A Notícia tentou o contato por telefone com os membros da entidade, porém não obteve sucesso em nenhuma das ligações. 

 

Nota de esclarecimento

 

Na tarde desta-sexta-feira, 10/01, Machado emitiu uma nota de esclarecimento. Confira a nota na integra:

 

O Centro de Tradições Gaúchas Tropeiros da Lealdade, de Cachoeira do Sul, vem, através de seu patrão, dizer que a eleição para a escolha da nova patronagem marcada para o próximo dia 15 de janeiro de 2020, será realizada conforme edital já publicado e que até a presente data somente uma chapa (a de nº 01) está inscrita para concorrer na eleição assinalada.


Na ocasião o CTG Tropeiros da Lealdade esclarece aos seus associados, que não há nenhum integrante da chapa já inscrita impedido de concorrer.


Falatórios, meramente eleitoreiros, que flutuam nas redes sociais, não passam de atos rasos de opositores ocultos que buscam desestabilizar a normalidade que sempre cercou as escolhas da patronagem deste CTG.


A atual patronagem do CTG Tropeiros da Lealdade, calcada nas regras norteadoras “interna corporis” vigentes (Estatuto), dará curso às suas obrigações sociais, como sempre o fez, com serenidade, seriedade e consecutivamente atendendo os princípios norteadores da vida em sociedade, mormente aqueles que orientam a conduta social dos tradicionalistas em geral.

 

PAULO MACHADO - Patrão do CTG Tropeiros da Lealdade

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

1/2
Please reload