Notas falsas de R$ 100,00 são espalhadas pelo comércio

13/11/2019

 Foto: Divulgação

 

Um derrame de notas falsas de R$ 100,00 vem ocorrendo pelo comércio em Cachoeira do Sul. A Polícia Civil está investigando alguns casos que foram registrados juntos a Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA). “Meu padrasto recebeu diversas notas falsas, um amigo também recebeu essas notas falsas. Recomendo o pessoal comprar aquelas canetas especiais para identificar essas notas antes de receber”, relatou um leitor que preferiu não se identificar. O fato tem preocupado muitos empresários que muitas vezes não sabe como proceder ao receber essas cédulas. Buscando instruir a comunidade o Jornal A Notícia explica o passo a passo de como proceder nestes casos.

 

Ao receber do caixa eletrônico

 

Dentro de uma agência bancária e durante o expediente, neste caso é indispensável retirar um extrato que comprove o saque, preferencialmente no mesmo terminal e encaminhar-se ao gerente da agência para pedir providências. Se não obtiver solução satisfatória com o gerente do banco, o cidadão deve procurar uma Delegacia de Polícia para registrar um boletim de ocorrência.

 

Ao receber em uma transação do dia-a-dia

 

Caso tentem lhe passar uma cédula ou moeda que, após observação dos elementos de segurança e/ou comparação com uma cédula legítima apresente sinais evidentes de que pode se tratar de uma falsificação, é um direito do cidadão recusar o recebimento da mesma. É fundamental sempre recomendar ao dono do exemplar suspeito que procure uma agência bancária ou uma representação do Banco Central do Brasil para solicitar o exame do referido exemplar.

 

Crime

 

A falsificação é crime previsto pelo artigo 289 do Código Penal, com pena prevista de 3 a 12 anos de prisão. Quem tentar colocar uma cédula falsa em circulação depois de tomar conhecimento de sua falsidade, mesmo que a tenha recebido de boa-fé, pode ser condenado a uma pena de 6 meses a 2 anos de detenção.

 

Importante: As notas falsas não são trocadas pelo Banco Central ou pelo Governo. O Banco Central apenas examina se elas são verdadeiras ou não. O dinheiro suspeito pode ser apresentado, para exame, diretamente no Banco Central ou por intermédio dos bancos.

 

Dica

 

Confira algumas dicas de como identificar uma nota falsa pela marca d’agua.

 

Cédulas: 1994 a 2010: Segure a nota contra a luz e observe na área clara da cédula. Você irá enxergar nessas notas os desenhos que representam a República ou a Bandeira Nacional, em tons que variam do claro ao escuro.

 

As notas de 50 e 100 reais apresentam a marca d’água da figura da República;

 

As notas de R$1,00, R$5,00 e R$10,00 podem revelar como marca d’água a figura da República ou Bandeira Nacional;

 

A nota de R$2,00 apresenta como marca d’água a figura da tartaruga marinha e o número 2;

A cédula de R$20,00 mostra a marca d’água de um mico-leão-dourado e o número 20.

 

Cédulas: a partir de 2010: Segure a cédula contra a luz, olhando na parte frontal da nota (lado que contém a na figura da República), e observe na área clara as figuras que representam animais, em tons escuros e claros.

 

Observe que a imagem que aparece na marca d’água é diferente para cada cédula;

 

Cada uma é composta por seu animal nativo e a numeração correspondente ao valor da nota nova.

 

 

 Foto: Divulgação

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

1/2
Please reload

CACHOEIRA DO SUL | RS | BRASIL
(51) 3724-4368 | (51) 3724-4378
(51) 9-9745-8687
redacao@
portalanoticia.com.br
comercial@portalanoticia.com.br
administrativo@portalanoticia.
com.br
/JORNALAN

© 2019 - Direitos reservados - Jornal A Notícia