Rua Saldanha Marinho, 1365, Bairro Centro - Cachoeira do Sul - RS
Telefone: (51) 3724-4368 | (51) 3724-4378
WhatsApp: (51) 99908-6864
Comercial: comercial.portalanoticia@gmail.com
Redação: redacao.portalanoticia@gmail.com
Administrativo: adm.portalanoticia@gmail.com
/JORNALAN

© 2019 - Direitos reservados - Jornal A Notícia - Magaiver Dias

Arroio Amorim sofre com escoamento de esgoto

07/11/2019

Na última semana, o vereador Luis Paixão (PP) recebeu um pedido de vistoria para examinar as ruas do bairro Augusta pós-temporal. Durante a visita ocorrida na quinta-feira, 31/10, ao conversar com alguns moradores, o vereador conta que pessoas residentes da Rua General Osório, na divisa do Bairro Augusta com o Frota, relataram que estavam sendo notificadas pela Corsan para que efetuassem a ligação do esgoto cloacal, ordem esta emitida após ter sido implantada uma nova rede pela concessionária. Caso não o fizessem, o esgoto seguiria correndo à céu aberto de forma irregular e desse modo, os moradores estariam cometendo um crime ambiental.

 

Porém, em conversa com moradores próximos, a própria Corsan não estava dando bom exemplo, pois não haviam solucionado um grande entupimento no encanamento que fazia com que o esgoto cloacal fosse lançado diretamente no Arroio do Amorim. A dona-de-casa Isaura Cruz reside ao lado da sanga e revela que fazia cerca de um ano que os moradores estavam solicitando providências para solucionar essa situação, pois o mau-cheiro era insuportável. “Na época, uma equipe da Corsan esteve aqui e constataram que estava com problema, então prometeram voltar para tomarem as providências adequadas, mas foram embora e não voltaram mais. Aí ficamos com essa calamidade”, destaca Isaura.

 

Após contato do vereador Paixão, o setor de fiscalização da Secretaria Municipal do Meio Ambiente (SMMA) se deslocou até o local para averiguar a denúncia de lançamento de esgoto cloacal em local inadequado. Conforme o secretário em exercício da SMMA, Alexsander Radiske, como existe uma licença junto à Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam), foi encaminhado ofício à mesma com cópia ao Ministério Público Estadual para que tomem as medidas cabíveis com máxima urgência. Em contato com o Ministério Público Estadual, a promotora Maristela Schneider informou que analisou a documentação e já solicitou um parecer sobre o caso à Fepam.

 

Saiba Mais

 

A reportagem do Jornal A Notícia constatou que em um pátio do bairro localiza-se uma bomba que filtra o esgoto, para posteriormente ser enviado para a Estação de Tratamento de Água (ETA). Técnicos da Corsan estiveram no local na sexta-feira, 1º/11, para consertar o problema, porém o escoamento do esgoto continua em ambas as caixas de cimento, localizadas nos duas margens do arroio.

 

 Foto: Divulgação

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

1/2
Please reload