R Saldanha Marinho 1365 - Centro - Cachoeira do Sul/RS
Telefone: (51) 3724-4368 | (51) 3724-4378
WhatsApp: (51) 9-9908-6864
Comercial: comercial@portalanoticia.com.br
Redação: redacao@
portalanoticia.com.br
Administrativo: admministrativo@@
portalanoticia.com.br
/JORNALAN

© 2019 - Direitos reservados - Jornal A Notícia - Magaiver Dias

Orquestra Sinfônica de Santa Maria vem a Cachoeira do Sul

04/09/2019

A Orquestra Sinfônica de Santa Maria faz no próximo dia 14/9, em um concerto na Sociedade Rio Branco, em Cachoeira do Sul, às 20 horas com “Entrada Franca”.

 

A apresentação integra a Série de Concertos da Temporada 2019, dirigida pelo Maestro João Batista Sartor, que é também diretor executivo da Orquestra, cargo na qual assumiu nesse ano. E em Cachoeira o concerto é alusivo a comemoração de 5 anos do campus UFSM.

 

A orquestra composta por 55 músicos sobe ao palco com as seguintes peças: Fanfara para um Homem Comum do compositor note-americano Aaron Copland (1900-1990), a Suite nº1 da Ópera Carmen do francês Georges Bizet (1838-1875), a famosa abertura Ópera As Bodas de Figaro do austríaco  W.A.Mozart (1756-1791), a Petite Suite do francês Claude Debussy(1862-1918),Duas Danças do brasileiro Camargo Guarnieri (1907-1993) e ainda Batuque do também compositor brasileiro Lorenzo Fernandez (1897-1948), o concerto tem duração de uma hora, com classificação livre.

 

A OSSM tem ainda nessa temporada mais dez concertos agendados até o fim do ano,a maioria em Santa Maria. Alguns espetáculos merecem grande destaque nesta temporada, dentre eles a ópera “As Bodas de Fígaro”, de Mozart, que acontecerá no dia 26 de Setembro, no Teatro de Centro de Convenções em Santa Maria, um concerto didático com “O Carnaval dos Animais” , de Camille Saint-Saens, no dia 15 de Outubro, e o Balé Quebra-Nozes, em parceria com a Companhia Ivone Freire,  que entra em cartaz nos dias 11 e 12 de dezembro.

 

Quem é o Maestro João Batista Sartor?

 

Carinhosamente chamado por todos de “Tita”, é professor de Flauta da UFSM e além da Orquestra é ainda o regente da Banda Sinfônica da UFSM. Doutor em Música Práticas Interpretativas, pela UNIRIO, sendo bolsista CAPES pelo Programa de Doutorado Sanduíche no Exterior, Universidade de Aveiro, Portugal, 2015, Foi flautista da OSPA (1990-2005) e Orquestra Unisinos (2005). Estudou flauta na École Normale de Musique Alfred Cortot de Paris (2002) com Patricia Nagle, e com Marzio Conti em Lucca (Itália, 1999). Se formou em Mestrado em Artes (Flauta, 1998, bolsa Vitae) pela The University of Iowa, EUA. Começou seus estudos na Fundarte (1974). Concluiu o Bacharelado em Flauta (1990) na UFRGS. Lecionou na Fundarte, Ospa, Unisinos, EST-Sinodal e UFRGS. Tem atuado como convidado nas orquestras Theatro São Pedro e Sesi-Fundarte, e participou de inúmeros recitais, no Brasil, Uruguai, Argentina, EUA, França, Portugal e Itália. Atuou como solista nestas orquestras citadas. Desenvolve turnês com o projeto Alma Única (música de câmara e dança) e apresentações de música popular, inclusive esteve em Cachoeira do Sul. Realizou o projeto interdisciplinar de ensino e extensão UFSM Musical, com as áreas de Teatro, Dança e Música, para a realização do Musical Chicago (2018).

 

 Foto: Divulgação

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

1/2
Please reload