R Saldanha Marinho 1365 - Centro - Cachoeira do Sul/RS
Telefone: (51) 3724-4368 | (51) 3724-4378
WhatsApp: (51) 9-9908-6864
Comercial: comercial@portalanoticia.com.br
Redação: redacao@
portalanoticia.com.br
Administrativo: admministrativo@@
portalanoticia.com.br
/JORNALAN

© 2019 - Direitos reservados - Jornal A Notícia - Magaiver Dias

Nilton Santos

24/08/2019

COMO UM BOM PAI DE FAMÍLIA


Na faculdade de direito imaginava que quando me formasse iria estudar casos, preparar ações, defesas, frequentar audiências, etc.

 

Realmente, como a maioria dos advogados, esse é o meu dia-a-dia. Como a imaginação sempre precede a realidade e elas não coincidem, entre o que pensava sobre advogar no tempo de faculdade e hoje, curtido de tantas escaramuças travadas nos foros da vida, vai uma enorme diferença. Devia, mas não imaginava que cada cliente, além do problema que o leva a consultar um advogado, pois ninguém nos procura porque gosta mas por necessidade, traz consigo suas ansiedades, seus medos, seus ódios e tudo o mais que compõe a psique humana.

 

Aprendi ao longo do tempo - e isso vale para todas as profissões - que a relação entre cliente e profissional abrange muito mais do que a busca de resolver um problema a certo preço. Certa vez ouvi de um professor que o advogado deve se portar como um bom pai de família, o que para mim indica com maestria a postura que todos os profissionais devem adotar perante àqueles que, por em nós confiar, nos procuram para que tentemos resolver ou ao menos remediar uma situação aflitiva.

 

Jamais esqueci esta expressão e dela me socorro diante de alguém que me procura, tentando senti-la como pessoa, como certamente faria um bom pai de família.

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

1/2
Please reload