Cachoeira do Sul/RS
Telefone: (51) 3724-4368 | (51) 3724-4378
WhatsApp: (51) 9-9745-8687
Comercial: comercial@portalanoticia.com.br
Redação: redacao@
portalanoticia.com.br
Administrativo: administrativo@
portalanoticia.com.br
/JORNALAN

© 2019 - Direitos reservados - Jornal A Notícia - Magaiver Dias

Matheus Calderaro

24/08/2019

Olha o golpe!

 

O texto de hoje é um alerta para aposentados e pensionistas, sejam pelo INSS ou pelo IPERGS, e também para servidores públicos, sejam estaduais ou federais. Mas é principalmente para aposentados e pensionistas, que são as pessoas que mais estão caindo neste golpe, pois sabemos que uma pessoa com a experiência de uma longa vida, tende a cair na conversa de uma pessoa de má-fé com muito mais facilidade do que uma pessoa mais jovem, e é isso o que vem ocorrendo.

 

Algumas pequenas lojas, dessas que vendem crédito fácil a juros exorbitantes, espalhadas pela cidade, e que representam financeiras famosas por irregularidades nos contratos de empréstimo pessoal consignado, estão entrando em contato com aposentados e pensionistas para oferecer um “serviço”, onde prometem reduzir os juros dos empréstimos que aquela pessoa fez.  Elas sabem que o cidadão está pagando parcelas de um empréstimo, pois tem acesso ao sistema, e fazem a irrecusável proposta de reduzir o valor destas parcelas. Porém, o que acontece nesse momento, é que esse aposentado ou pensionista acaba fazendo um novo contrato de empréstimo, e ainda por cima prolongando por muito mais tempo a quantidade de parcelas para pagar. Uma atitude de extrema má-fé e falta de consideração com as pessoas mais idosas.    

 

Além de extrapolarem os patamares aceitáveis na utilização da taxa de juros destes contratos, agora mentem para seus clientes mais frágeis, induzindo-os, através de falsos benefícios, a prolongarem o vínculo contratual. Isso chama-se ganância, que como sempre, acaba falando mais alto.

 

Em virtude dessas atitudes de representantes financeiros, muita atenção ao oferecimento de serviços e facilitação de pagamento; o melhor a fazer é prestar muita atenção no documento que está prestes a ser assinado e, sendo possível, pedir para um parente ou amigo de confiança acompanhá-lo ao banco e ler o contrato também, para depois não ter de correr atrás do prejuízo.

 

Um ótimo final de semana a todos.

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

1/2
Please reload