R Saldanha Marinho 1365 - Centro - Cachoeira do Sul/RS
Telefone: (51) 3724-4368 | (51) 3724-4378
WhatsApp: (51) 9-9908-6864
Comercial: comercial@portalanoticia.com.br
Redação: redacao@
portalanoticia.com.br
Administrativo: admministrativo@@
portalanoticia.com.br
/JORNALAN

© 2019 - Direitos reservados - Jornal A Notícia - Magaiver Dias

Saiba como proteger as crianças das picadas de mosquitos

23/08/2019

As crianças precisam de assistência e cuidados todo o tempo e a atenção dos pais tem sido redobrada nos últimos anos em função do Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, zika vírus, chikungunya e febre amarela na zona urbana. Para proteger toda a família das picadas dos mosquitos. Confira algumas dicas:

 

Bebês de até 6 meses

 

Os cuidados com recém-nascidos e bebês até seis meses merecem reforço e os metódos de prevenção contra os mosquitos são essenciais, desde a escolha das roupas até a instalação de mosquiteiros em cômodos da casa.

Roupas: No corpo, mangas e calças compridas aumentam a proteção dos braços e pernas das crianças, formando uma barreira mecânica, já que o uso de repelente não é recomendado para a faixa etária.

 

Ambiente: Portas vedadas e janelas com telas previnem que o mosquito entre na residência. Já em carrinhos de bebê e berços, a instalação de mosquiteiros é a melhor solução. Também é importante deixar as janelas fechadas nos períodos do nascer e do pôr do sol.

 

Bebês de 6 meses a 2 anos

 

A partir dos seis meses de vida e até os 2 anos de idade, os bebês podem contar também com a proteção de repelentes a base de IR 3535, além das barreiras mecânicas citadas anteriormente, que são importantes estratégias.

 

Crianças entre 2 e 12 anos

 

Para as crianças com idade entre 2 e 12 anos, são recomendados os repelentes a base de DEET com concentração de 10% ou então a Icaridina, também de uso infantil. O cuidado deve ser aliado também às barreiras mecânicas.

 

Aplicação do repelente

 

Na hora de proteger as crianças, não economize no repelente e aplique o produto de maneira correta. Fique atento:

Como aplicar o repelente nas crianças? O repelente deve ser aplicado de forma homogênea sobre toda a pele exposta do bebê ou da criança, sem esquecer das nucas e tornozelos, e também por cima da roupa. As áreas dos olhos, narinas ou lábios devem ser evitadas.

 

Qual a frequência da aplicação do repelente em crianças? Não deve passar de três vezes por dia. Além disso, caso o produto seja utilizado junto com um protetor solar, por exemplo, este deve vir antes do repelente, com um intervalo de pelo menos 15 minutos para que o filtro seja absorvido.

 

Proteção

 

Ter uma noite tranquila de sono e acordar no dia seguinte com sensação de descanso pode parecer uma tarefa difícil para algumas pessoas. Diante da correria do dia a dia, o cansaço físico pode não ser o bastante para embalar o sono. Em dias quentes, essa dificuldade pode ser ainda maior porque as temperaturas elevadas atraem mosquitos.

 

Além dos zumbidos que esses insetos emitem pelo quarto, a preocupação com a picada tira o sono de qualquer um devido às doenças que eles podem causar, como é o caso do Aedes aegypti, transmissor da chikungunya, zika, dengue e febre amarela na zona urbana.

 

Por isso, para ter um sono tranquilo e livre do Aedes aegypti e outros mosquitos, confira algumas dicas:

  • Instale mosquiteiros em camas e berços;

  • Coloque telas nas janelas dos dormitórios;

  • Deixe as janelas fechadas nos períodos do nascer e do pôr do sol;

  • Nos dias mais quentes, ligue o ventilador ou ar-condicionado;

  • Vista roupas com as mangas longas e calças compridas;

  • Evite usar roupas escuras e perfumes, pois eles atraem mais os mosquitos.

 

Fonte: G1

 

 Foto: Divulgação

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

1/2
Please reload