Concluído desvio na Barragem do Capané

07/06/2019

O acesso a taipa da Barragem do Capané foi bloqueada no dia 2 de maio, por decisão do Instituto Rio Grandense do Arroz (Irga), para a preservação do maciço que contém as águas que servem para a irrigação das lavouras de arroz. Ficou acordado com o presidente do Irga Guinter Frantz, que a obra ficaria sob responsabilidade da Prefeitura de Cachoeira do Sul.

 

Durante o inverno, o Irga deverá reduzir o nível das águas da barragem para que o maciço opere com folga. Os acessos à Barragem do Capané pelas BRs-153 e 290 estão bloqueados sobre a proibição do tráfego de veículos pesados.

 

Passados pouco mais de 30 dias do início da construção de um desvio para passagem de veículos na localidade, a obra foi concluída na tarde desta quinta-feira, 6. “Foram colocadas mais de 120 cargas de cascalho por toda a estrado do desvio, deixamos o acesso em condições para se trafegar com segurança pelo local”, destacou o secretário do Interior, Paulão Trevisan.

 

Atenção especial ao desvio

 

Em sua participação no programa AN News, do Jornal A Notícia, na última segunda-feira, 3, Paulão explicou que foi dada uma atenção especial para o desvio com a construção do desvio. "Com a chegada do inverno, abrimos valetas para escoar a água, alargamos um pouco a estrada, para o tráfego de veículos pesados. É a nossa grande obra, nos últimos dias estão trabalhando intensamente, com a melhora do tempo, os servidores e as máquinas estão em ritmo acelerado, possuímos uma equipe muito boa", destacou o secretário.

 

Reforma do maciço

 

O projeto para a reforma do maciço da Barragem do Capané, está na fase de projeto, aguardando a liberação do governo do Estado para o recebimento de recursos. Após a liberação um empresa será contratada para realizar o estudo da reforma do maciço. Segundo o gerente da Barragem, Romero Oliveira Oliveira, a obra deve girar em torno de R$ 2,5 milhões. "A barragem neste momento está sendo drenada, para a passagem do inverno, a taipa tem 100 metros de largura e após a realização da obra a segurança vai ser total. Hoje ela tem capacidade de 14 metros, estamos operando em 6 metros, sem riscos", destacou Romero.

 

Importante

 

Diferente do sistema de Brumadinho, a Barragem do Capané foi construída sob o sistema de enrocamento, o maciço é formado por fragmentos de rocha compactados em camadas cujo peso e imbricação cria a estabilidade do corpo submetido ao impulso hidrostático. Tendo o núcleo impermeável, feito com predominância de material rochoso (pedras) e núcleo argiloso que veda a passagem de água.

 Foto: Divulgação | SMI

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

1/2
Please reload

CACHOEIRA DO SUL | RS | BRASIL
(51) 3724-4368 | (51) 3724-4378
(51) 9-9745-8687
redacao@
portalanoticia.com.br
comercial@portalanoticia.com.br
administrativo@portalanoticia.
com.br
/JORNALAN

© 2019 - Direitos reservados - Jornal A Notícia