Ghignatti muda o seu secretariado mais uma vez

03/05/2019

Mais uma mudança no secretariado de Ghignatti foi comunicada nesta semana. Desde esta quarta-feira, 1º, o administrador de empresas e técnico agrícola, Isaías Gabriel Moraes Machado, 34 anos, que ocupava o cargo de diretor da Secretaria Municipal de Obras, assumiu a função de secretário.

 

“Só tenho que agradecer a confiança que foi depositada em mim pelo prefeito e o vice-prefeito. Temos altos e baixos, dias difíceis, mas fomos orientados por eles desde o primeiro dia a manter a postura e fazer o que for possível para que o trabalho ande bem. E isso continuará sendo feito”, sintetizou Isaías.

 

Com a decisão, Cleber Cardoso, que era responsável pela pasta, responde agora somente pelo cargo de vice-prefeito. Segundo informações transmitidas pela Prefeitura, o acordo foi feito entre o prefeito e o vice, para que Cleber possa, a partir de agora, dar mais atenção às funções demandadas por Ghignatti.

 

“Há muita coisa para ser feita e o cuidado e a atenção do vice-prefeito dará celeridade a estas ações”, explicou o prefeito, exemplificando as diversas obras espalhadas pela cidade. Já Cleber, afirmou que pretende estar mais próximo ao prefeito para resolver projetos de governo que precisam ser entregues à comunidade, como a obra do Estádio Joaquim Vidal, melhorias de praças, licitação do lixo, transporte urbano, entre outros. “Se ele quer que neste momento eu auxilie nestes temas, vou atender ao seu chamado”, destacou Cleber.

 

Mudanças

 

A decisão do prefeito deixou a Secretaria de Obras sem diretor. Além disso, Cleber passará a receber apenas a remuneração de vice-prefeito, que é R$ 1.604,08 a menos que os vencimentos de secretário.

O governo de Ghignatti tem mudado desde o seu início. Daniela Santos (atual vereadora), que na época era secretária do Interior, pediu exoneração do cargo. Em seu lugar, assumiu Cleber Cardoso, que também não permaneceu na função por muito tempo, dando espaço a Paulão Trevisan.

 

A pasta do Meio Ambiente também balançou. O atual secretário, Ronaldo Trojahn, se afastou por um mês, a mando do prefeito, para assumir sua cadeira na Câmara. Depois, retornou novamente ao cargo. Na Secretaria de Trabalho e Ação Social, Newton Fortes também foi exonerado por Ghignatti, e em seu lugar, assumiu o então vereador Felipe Franja.

 

Mais recentemente, o prefeito demitiu Luciano Lara, seu braço direito, responsável pelas secretarias de Governo e Planejamento, e no lugar, contratou Necky Decke (Governo) e Rosimeri Michels (Planejamento).

 

Decisão agradou Jorginho

 

Não é a primeira vez que o vereador Jorginho Fialho (PRB) demonstrou publicamente sua insatisfação com os serviços prestados pelo ex-secretário de Obras. Em outras oportunidades, ele já havia criticado a postura de Cleber, durante seus pronunciamentos na Câmara de Vereadores.

Na sessão desta segunda-feira, 29, não foi diferente. O parlamentar “agradeceu” ao prefeito Ghignatti por ter retirado Cleber da função. “Serviço porco” foi o termo que Jorginho utilizou para descrever os trabalhos realizados no período em que esteve à frente da Secretaria de Obras.

 

Veja quem está à frente das Secretarias:

 

Educação – Ana Margarete Vivian Machado

Obras – Isaías Machado

Fazenda – Viviane Dias

Coordenação e Planejamento – Rosimeri Michels

Administração – Marco Aurélio

Trabalho e Ação Social – Felipe Franja

Desporto – Edson das Neves

Saúde – Roger Gomes

Interior e Transportes – Paulão Trevisan

Governo – Necky Decker

Meio Ambiente – Ronaldo Trojahn

Indústria e Comércio / Agricultura e Pecuária – Ronaldo Tonet

 

 Foto: Divulgação

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

1/2
Please reload

CACHOEIRA DO SUL | RS | BRASIL
(51) 3724-4368 | (51) 3724-4378
(51) 9-9745-8687
redacao@
portalanoticia.com.br
comercial@portalanoticia.com.br
administrativo@portalanoticia.
com.br
/JORNALAN

© 2019 - Direitos reservados - Jornal A Notícia