Cachoeira do Sul/RS
Telefone: (51) 3724-4368 | (51) 3724-4378
WhatsApp: (51) 9-9745-8687
Comercial: comercial@portalanoticia.com.br
Redação: redacao@
portalanoticia.com.br
Administrativo: administrativo@
portalanoticia.com.br
/JORNALAN

© 2019 - Direitos reservados - Jornal A Notícia - Magaiver Dias

Vereador Paixão pede atenção ao entorno da UPA

12/04/2019

Preocupado com a falta de segurança e condições insatisfatórias relacionadas ao transporte público coletivo, oferecidas aos cachoeirenses em situações que envolvem a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), o vereador Luis Paixão (PP) apresentou na sessão plenária desta segunda-feira, 8, sugestões que visam melhorar o atendimento à população. 


O primeiro documento foi um requerimento encaminhado a Transporte Nossa Senhora das Graças (TNSG), solicitando que todas as linhas da empresa passem em frente a UPA, evitando, assim, o tempo de espera da população, tanto para se deslocar às suas residências, como para chegar até a unidade.


“A UPA foi criada para atender toda a comunidade e desafogar a emergência do HCB. Mas hoje, o único ônibus que leva os passageiros até lá é a linha Promorar. A população moradora das zonas leste e oeste, por exemplo, fica desassistida desse serviço, assim como muitos funcionários, que dependem do transporte coletivo. É uma falta de consideração, já que todas as outras linhas vão somente até o Hotel União. As pessoas se veem obrigadas a descer nesse local, muitas vezes com dificuldade de locomoção, e fazerem o trajeto a pé até a UPA”, explica. 
Nesse mesmo sentido, o vereador destaca que a atenção à infraestrutura do entorno da UPA deve ser semelhante ao que já acontece com o Hospital de Caridade e Beneficência. “Qual a diferença entre o HCB e a UPA, se os dois prestam atendimento de emergência igual?”, questiona. 


Faixa de pedestres


Paixão também apresentou à Secretaria de Obras uma indicação para que seja pintada uma faixa de travessia de pedestres em frente a UPA, a fim de oferecer mais segurança às pessoas, já que o fluxo é intenso no local. “Claramente, não houve planejamento por parte do Poder Público. Não existiram projetos pensados para o entorno da UPA. Prova disso é a falta de um redutor de velocidade de veículos, que deveria existir em frente ao local para, minimamente, garantir um pouco mais de segurança às pessoas que buscam atendimento”, destaca.

 

Foto: Asscom Câmara

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

1/2
Please reload