R Saldanha Marinho 1365 - Centro - Cachoeira do Sul/RS
Telefone: (51) 3724-4368 | (51) 3724-4378
WhatsApp: (51) 9-9908-6864
Comercial: comercial@portalanoticia.com.br
Redação: redacao@
portalanoticia.com.br
Administrativo: admministrativo@@
portalanoticia.com.br
/JORNALAN

© 2019 - Direitos reservados - Jornal A Notícia - Magaiver Dias

LA: Grêmio decide futuro contra a Universidad Católica

04/04/2019

Não há mais espaço para erros ou tropeços. Se quiser seguir sonhando com a vaga nas oitavas de final da Libertadores da América, o Grêmio precisa ao menos empatar com a Universidad Católica hoje, a partir das 19h (de Brasília), no estádio San Carlos de Apoquindo, em Santiago, no Chile. Trata-se de uma decisão, um jogo daqueles em que a concentração tem que estar no nível máximo. Os três pontos podem alçar o Tricolor à vice-liderança do Grupo H. Uma derrota, no entanto, deixa a classificação muito distante.

“Todo jogo de Libertadores é uma decisão. Mesmo sendo fase de grupos, é como se fosse um mata-mata. Não podemos errar, o time tem que entrar muito focado e dar o máximo em campo”, determina o zagueiro argentino Walter Kannemann. O técnico Renato Portaluppi comandou o último treinamento na quarta-feira, no CT da Universidad de Chile. E sem dar indícios da equipe que começa a partida em Santiago.

“A Católica é um time rápido, que explora muito as jogadas pelos lados do campo. Além disso, tem dois zagueiros bons na bola aérea, temos que ter cuidado com toda a equipe deles”, comenta Kannemann.

 

A experiência adquirida recentemente com várias participações e um título na Libertadores, em 2017, estão sendo encarados como um fator positivo pelo lado do Grêmio. “Nosso time vem disputando essa competição há alguns anos e está calejado. Quando você joga em um time grande, sempre tem a obrigação de vencer”, destaca o atacante Everton.

A Universidad Católica é a segunda colocada no Grupo H, com 3 pontos. Na terça-feira, o lateral Cortez disse que o jogo em Santiago “será uma guerra”. Na quarta-feira, veio a resposta do zagueiro Kuscevic, da Católica. “Se eles (Grêmio) dizem que será uma guerra, assim será. Mas eu asseguro que nós temos muito mais gana de ganhar esse jogo”, afirmou o jogador.

 

Libertadores – 3ª Rodada do Grupo H

 

Universidad Católica
Matías Dituro; Magnasco, Valber Huerta, Kuscevic e Juan Cornejo; César Fuentes, Luciano Aued, Fuenzalida, César Pinares e Edson Puch; Sebastián Sáez.
Técnico: G. Quinteros.

 

Grêmio
Paulo Victor; Leonardo Gomes, Geromel, Kannemann e Bruno Cortez; Michel, Maicon, Alisson, Luan e Everton; André (Diego Tardelli).
Técnico: Renato Portaluppi.

 

Árbitro: Wilmar Roldán.
Horário: 19h.
Local: San Carlos de Apoquindo, em Santiago, no Chile.

 

Fonte: Correio do Povo

 Foto: Lucas Uebel | Grêmio

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

1/2
Please reload