R Saldanha Marinho 1365 - Centro - Cachoeira do Sul/RS
Telefone: (51) 3724-4368 | (51) 3724-4378
WhatsApp: (51) 9-9908-6864
Comercial: comercial@portalanoticia.com.br
Redação: redacao@
portalanoticia.com.br
Administrativo: admministrativo@@
portalanoticia.com.br
/JORNALAN

© 2019 - Direitos reservados - Jornal A Notícia - Magaiver Dias

LA: D'Alessandro pronto para reencontrar o River Plate

02/04/2019

D’Alessandro sempre esteve entre o Inter, clube que por mais tempo defendeu ao longo da carreira, e o River Plate, seu berço na Argentina. Pois quis o destino que o meia de 37 anos estivesse recuperado justamente para o encontro dos dois clubes, que ocorre na quarta-feira, pela terceira rodada da Libertadores. Tudo indica, inclusive, que D’Alessandro comece o jogo entre os titulares, ocupando a vaga do lesionado William Pottker.

Há vários indícios que apontam neste sentido. O primeiro deles é uma conversa que o jogador teve com um jornalista argentino que veio a Porto Alegre para cobrir o jogo. No rápido encontro, D’Alessandro informou que concederá a entrevista coletiva hoje − tradicionalmente, quem fala aos jornalistas um dia antes de qualquer jogo, está escalado. Outro sinal foram as declarações de Marcelo Lomba exaltando a importância do meia em uma partida tão complicada como a contra o River.

“Para ele (D’Alessandro), é um jogo muito importante. Ele está nos passando informações sobre o River e nos motivando. Ele sabe a importância desse confronto entre duas grandes equipes, que terá o estádio lotado”, observou o goleiro, que completa: “O D’Alessandro ajuda a entender o jogo. A experiência dele e a união de todo o time serão importantes. Será um grande jogo”.

A experiência referida por Lomba é realmente grande, com ambas as camisas. D’Ale foi recrutado para atuar pelo clube argentino aos 9 anos. Foi destaque das categorias de base e gandula em jogos no Monumental de Nuñez. Estreou pelo time principal com 20 anos, em 2000. Saiu em 2003 para girar sem muito destaque pela Europa. Chegou ao Inter em 2008 onde participou das conquistas da Libertadores, da Copa Sul-Americana e da Recopa organizada pela Conmebol, além de seis estaduais, mas voltou ao River para cumprir um ano de empréstimo em 2016, ano que o time colorado, sem sua maior estrela, caiu para a segunda divisão.

O meia apresentou um edema na coxa esquerda na vitória por 2 a 0 sobre o Novo Hamburgo, há dez dias, na última rodada da fase classificatória do Gauchão. De lá para cá, fez tratamento projetando justamente a sua volta contra o River. Deu certo. Agora, a decisão de escalá-lo está com Odair Hellmann.

 

Fonte: Correio do Povo

 Foto: Ricardo Duarte | Inter

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

1/2
Please reload