Cachoeira do Sul/RS
Telefone: (51) 3724-4368 | (51) 3724-4378
WhatsApp: (51) 9-9745-8687
Comercial: comercial@portalanoticia.com.br
Redação: redacao@
portalanoticia.com.br
Administrativo: administrativo@
portalanoticia.com.br
/JORNALAN

© 2019 - Direitos reservados - Jornal A Notícia - Magaiver Dias

Como acabar com o Mau hálito – Causas, Tratamentos e Dicas

20/08/2017

 

 

   Mau hálito, também chamado de halitose,  é um sintoma de que algo no organismo não ocorre bem.  Muitas pessoas sofrem deste mal sem  perceber, mesmo assim, é muito incomodativo para as pessoas que convivem com ela ou para a própria pessoa que sofre do problema, afinal, tem vezes que não consegue controlar o mau cheiro e fica refém de balas em excesso, café e outras artimanhas que, a longo prazo, fazem mal para a saúde.

 

AS PRINCIPAIS CAUSAS DO MAU HÁLITO

As principais causas do mau hálito são de origem bucal, ou seja, de problemas com a higiene ou complicações na própria boca (dentes, céu da boca, língua, garganta e gengiva). Uma parcela bem pequena ( entre 3,8 a 7,3% dos casos) é extra bucal, ou seja, vinda de outros órgãos e que tem como reflexo a halitose.

 

As possíveis causas bucais do mau hálito podem ser:

  • Doenças na gengiva como gengivite e periodonte: as bactérias presentes na gengiva criam um odor bastante ruim na boca. Essas doenças são causadas quando há o enfraquecimento do sistema imunológico associada a má higiene bucal.

  • Falta de higiene bucal: A falta de higienização dos dentes faz com que restos de alimentos fiquem expostos a ação da saliva, causando mau cheiro

  • Amigdalite : inflamação das amígdalas e que pode refletir mau cheiro devido a grande circulação de líquido no local.

  • Suburra lingual: uma placa bacteriana que se instala sob a lingua e forma uma massa branca como se a língua estivesse seca. Para tratar é necessário o consumo de algumas medicações e especiais e em alguns casos antibióticos.

  • Tabagismo: o cigarro contém mais de 4 mil substâncias, entre elas o tabaco que possui um cheio muito específico difícil de ser eliminado até mesmo pelos métodos de higiene bucal mais severas

  • Placa bacteriana: a placa bacteriana é formada por bactérias que se alimentam do resto de alimentos que ficam acima e entre os dentes e gengiva. Caso os dentes não sejam escovados corretamente as bactérias se instalam no dente e podem causar mau cheiro.

  • Boca seca : a falta da produção de saliva pode causar o mau hálito. A boca seca pode ser consequencia de outras doenças, constipação nasal ou respiração bucal. Quando isso acontece a melhor forma é tomar bastante líquido para hidratar a língua e garganta. Quando o ressecamento da boca é muito severo a pele sobre a língua descama e é consumida por bactérias o que pode formar a suburra lingual. O processo de alimentação dessas bactérias elimina enxofre e tem como consequência o mau cheiro. Caso o problema de baixa produção de saliva seja crônico é recomendável lubrificantes e estimulantes salivais, afinal, a saliva funciona como um detergente bucal, leva as bactérias para o estômago onde são digeridas ou morrem com a acidez do órgão.

  • Próteses mal adaptadas: As próteses dentárias mal colocadas podem causar pequenas lesões nas gengivas e até inflamações que precisam ser combatidas. Todo tipo de lesão dentro da boca pode causar mau cheiro, afinal, o machucado é pouco oxigenado já que a boca fica a maior parte do tempo fechada.

  • Utilização de aparelhos: quem usa aparelho precisa ser muito crítico com a higiene bucal. Aparelhos fixos deixam os dentes expostos a armazenar bactérias e alimentos e por isso demandam muito mais tempo e cuidado. Já os móveis precisam ser toda vez que usados muito bem limpos posteriormente para que não causem mau cheiro ou então fiquem com odor de baba desagradável.

Já entre as possíveis causas extra bucais estão:

  • Jejum prolongado

  • Hipoglicemia (baixo açúcar no sangue)

  • Ingestão de remédios ou alimentos odoríferos

É mito que o mau hálito vem do estômago. Não é comprovada relações de mau hálito com alterações do funcionamento deste órgão. O único problema que pode trazer reflexos de mau cheiro é o refluxo, no entanto, ocorre de forma momentânea somente quando o suco gástrico do estômago sobre pela região do esôfago exalando pela boca cheiro de enxofre bastante ácido.

 

POR QUE PESSOAS TEM DIFICULDADE DE ACABAR COM O MAU HÁLITO?

Muitas pessoas não conseguem perceber que tem mau hálito. Isso acontece porque quando falamos o ar que exalamos se desloca para frente de modo que não sentimos ou acontece a fadiga olfatória que é quando a pessoa já se acostumou com o cheiro. Nestes casos não adianta colocar a mão na frente e soprar como forma de verificação.  Ou seja, se você desconfia que está com mau hálito não adianta você mesmo querer se diagnosticar, será preciso pedir a opinião de outra pessoa.

 

POR QUE TEMOS MAU HÁLITO QUANDO DORMIMOS?

Ao dormir a boca fica mais seca principalmente devido a respiração diferenciada. Quando isso acontece fica mais suscetível a ação de bactérias que produzem um cheiro forte devido a eliminação de compostos semelhantes ao enxofre. Escovar os dentes antes e passar um enxaguante bucal antes de dormir pode ajudar, pois promove um ambiente hostil as bactérias por muito mais tempo, mas isso não quer dizer que está livra da ação destas. A melhor forma de se livrar disso é escovar os dentes logo pela malha e esfregar a língua, principalmente.

 

MAU HÁLITO PODE SER HEREDITÁRIO?

Não. O mau hálito não é algo hereditário e nem contagioso, não é algo que está nos genes e sim uma consequência de um determinado comportamento ou doença.

 

COMO PREVENIR O MAU HÁLITO?

Para prevenir o mau hálito a melhor forma é realizar uma ótima  higiene bucal e isso não significa esfregar os dentes por cinco minutos, precisa-se prestar atenção nos detalhes e fazer com que a boa higiene seja uma prática cotidiana.

Existe uma série de questões que podem ajudar a realizar a melhor limpeza da boca. Essa recomendações também servem para tratar o mau hálito, afinal, uma das melhores formas de tratamento é com uma boa limpeza.

Use escova de cerdas macias: isso vai impedir que a fricção machuque as gengivas e cause pequenas inflamações o que também pode causar mau cheiro;

Utilize pastas de dentes: sempre escove os dentes com pasta de dentes;

Escove dente por dente: escove dente por dente em todas as direções por fora e por dentro da arcada sem esquecer de nenhum;

Escove a língua: é na língua que a maior parte das bactérias ficam depositadas e causam mau cheiro. Nunca esqueça de escovar bem a língua de cima até o mais alto que puder. isso vai garantir que a maior parte das bactérias de sua boca sejam eliminadas de verdade. Se você comeu alimentos que tem mau cheiro como alho ou cebola escove muito bem pois é nas papilas que os resíduos  odoríferos destes alimentos ficam armazenados;

Use escavadores de gengiva: Se você tem tendência a ter mau hálito pode ser que tenha espaços entre seu dente e a gengiva em que ficam depositados alimentos sem que você perceba. Se você escovar o local com escova de dente pode ser que machuque o local, já que a gengiva é naturalmente mais sensível. Por isso, é aconselhável os escovadores de gengiva, eles ficam adaptados na escova como uma borrachinha, passe-a suavemente por toda a gengiva;

Use o fio dental: O fio dental deve ser usados ao menos uma vez por dia para tirar o excesso de comida que fica entre os dentes e que a escova de dente não consegue alcançar;

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

1/2
Please reload